top of page
Buscar

A sua essência não muda

Nunca se esqueça que você é muito maior do que os desafios que você possa estar enfrentando.


Sim, todos nós temos dificuldades em nossas vidas, alguns momentos até bem mais difíceis que outros, mas a sua verdadeira essência jamais será prejudicada.


Durante a montagem da próxima aula de uma turma de mentoria, me deparei com esse estudo, publicado no Psycophisiology pelo pesquisador Miguel Rubianes, da UCM (Universidad Complutense de Madrid), que demonstra o fato de que nossa essência, nosso Eu verdadeiro não muda com o passar do tempo. Fatores que moldam a personalidade (atitudes, crenças, interesses, autoestima, entre outros) – esses sim, são suscetíveis a variações, graças a nossa interação constante com o ambiente e com o processo de aprendizagem.


Vivemos numa sociedade que se identifica demais com o corpo e com as emoções e sempre que estamos em uma situação que nos prejudique física ou emocionalmente, somos imediatamente condicionados a nos perceber feridos, muitas vezes até derrotados.


Mas nós não somos nosso corpo, nem nossa mente, nem nossos pensamentos e sentimentos. Somos algo muito maior e mais poderoso.


Toda essa movimentação, os altos e baixos da vida são como um filme sendo transmitido em uma grande tela de cinema. A tela em si nunca muda, o que muda é o que está projetado nela, que nada mais são do que cenas de um filme que retrata as experiências de nossa vida.


O seu Eu verdadeiro é como essa tela de cinema – imutável. Ela só parece diferente conforme as cenas do filme estão sendo reproduzidas. Mas, em essência, a tela se mantém a mesma.


O resultado desse estudo aponta a importância da auto-observação e da conexão com nossa identidade pessoal. Alterações na percepção de si mesmo podem influenciar diretamente na nossa saúde mental, levando inclusive a quadros de burn-out e depressão.


Meu convite hoje é que você faça um exercício de perceber o quanto você tem se identificado com os estados emocionais e mentais do seu corpo, ao invés de se conectar com aquilo que há de mais essencial em você.


Descubra quem é você para além da tríade emoção-mente-corpo.


O primeiro passo para se conectar com seu verdadeiro eu é confiar mais em seu instinto, pois é ele que sempre lhe dará sinais de qual é o caminho certo a seguir!




9 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Uma chama

Comments


bottom of page